terça-feira, 17 de maio de 2011

A voz de um Anjo (2)

Outra vez, acreditem, ouvi a voz de um anjo. Duas vezes no mesmo dia! Eu poderia afirmar que estou ficando louca. Mas é a mais pura realidade. E esse anjo que me falou agora, antes do sono, era diferente. Um anjo sexy, aquela voz que faz cócegas no ouvido. Uma voz ronronada, como um felino se espreguiçando. E me disse coisas reais, nada de devaneios. E me disse o que eu precisava ouvir. Um “Eu amo você” sonoro, inebriante. Dormirei com os anjos essa noite, com certeza. Também te amo, anjo sem asas. Não sei porque, mas te amo. E essa é a mais absoluta verdade!

2 comentários:

kadulago disse...

é verdade quando digo que te amo.
lindo texto...
beijos.

Maycon disse...

Que gostoso esse " eu amo vocÊ"... deu até pra ouvir.