quinta-feira, 9 de junho de 2011

Sobre Leituras Sutis

Sei quando gosto de algo porque me pego sorrindo para o texto... e, normalmente, ele sorri de volta! É um dar e receber atrevido entre mim e o palavrório, por vezes florido, por vezes tosco, mas sempre intenso. Sei quando o texto me gosta quando o pego olhando para mim de soslaio, arremeçando chispas como se me pedisse "leia-me mais". Ando lendo textos que me querem mais, ultimamente!
(para Roberto, ele entenderá!)

Nenhum comentário: