domingo, 10 de julho de 2011

Catarse nº 4

Eu te amo! Já disse que te amo? Desculpa, sou repetitiva. Sou retórica também. Não sei se não digo o suficiente, mas costumo repetir o óbvio... sei lá. Só sei que te amo, e cada vez mais. Cada vez que te vejo (e você se mostra mais a cada encontro - mesmo) sinto mais a tua falta. Não sei se é insanidade. Sei que é mais que qualquer sentimento. É amor? Talvez... se você deixar. É paixão? Talvez... se você não me repelir. Só sei que quase morri quando vi você sem mais nada além da pele... E se não morri é porque sou discreta, e sonho ainda o dia que vou te ver de perto... bem de perto! Só sei que, nesse minuto, eu te amo... e te amo a tantos millhares de minutos, meu anjo... meu amor!

Nenhum comentário: