quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

O Fim da Festa

Certo que toda cerveja esquenta, que toda orgia enjoa, que toda festa tem um final. Sejam estas fatalidades devidas à luz do sol ou à luz das viaturas! Fato é que tudo acaba em algum momento!
Não adianta discutir com o síndico ou terminar com a namorada. Tem uma hora em que você tem que baixar o som, acender a lâmpada e apagar o cigarro. Abrir as cortinas até é opcional.
O raiar do novo dia vai chegar, mais cedo ou mais tarde, e você vai ter que se dar conta de que a sua festa acabou. Os convidados já se foram, reclamando ou carregados, depende do apego aos goles. Até o gelo derreteu nas forminhas. Já era!
Certo que agora você precisa de um banho, de um lençol, de um banheiro pra vomitar. Mais certo ainda é que a ressaca vai te acompanhar pelas próximas horas depois do sono. Certo que o tédio vem pra te fazer companhia.
Não se desespere, você que está nesse fim de ciclo – assim como eu, que acabei de abrir as cortinas. Cada um de nós tem a noitada e a ressaca que merece. Aproveite a sua, enquanto você ainda pode.
O fim da festa não é o começo do fim. É só a oportunidade pra se organizar, lavar a cara e ir à luta... encontrar mais motivos pra festejar.

Nenhum comentário: