sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

O Poder da Cerveja


Veja você o poder da cerveja. É só pensar nela, num dia quente como o de hoje, que o humor já melhora. É só pegar a lata ou a garrafa geladinhas que o cansaço parece que some por mágica. É ver o copo suando com aquele milímetro bem cortado de colarinho pra ficar com uma sede do cão.
 
Veja você, que poder. O poder de poder abrir um sorriso largo ao primeiro gole. E o primeiro gole é sempre mais de um. E aquela exclamação que vem em seguida inundar a boca, seguida de pura sensação de felicidade.
 
Depois de um dia cansativo, pensativo, labutado, nada mais vale que esse pão líquido tão bem resguardado, esse dourado que cai no copo ou se esvai direto do gargalo para regalo do paladar. Regalo do pensar, dos sentidos, dos instintos!

É isso! Cerveja é a felicidade enlatada – ou engarrafada, pra quem prefira! Seja no boteco de mesa de latão ou no happy hour chique do escritório, na sacada de casa ou na beira do mar. Feliz daquele – de nós – que pode desfrutar de tal companhia neste fim de dia, de semana, fim de stress.

E pra quem duvida, aí vai a dica. Ouça o barulhinho da latinha quebrando o lacre, da tampinha fazendo “tssss” na pressão do abridor. Duvido quem não sinta o calor subindo pelas faces enquanto essa preciosidade não desce pela garganta!

Saúde!!!

2 comentários:

Blog da Denia disse...

Muito legal! Eu adoro o barulho de abrir uma latinha bem gelada....

Ricardo disse...

Continuemos a beber. Você lá e eu cá, nós aqui. E só continuemos a beber.