terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Alma e Desejo

Você, anjo caído das profundezas de meu próprio ser... Você, anjo enviado para proteger-me de mim mesma. Você, anjo calado, que diz as verdades do universo dos sábios. Você, meu amado menino, tão meu, tão único.

Essa é a minha vez de declarar a você todo o meu absoluto amor. Pois que você é minha referência, minha organização, meu motivo de seguir adiante.

Você, gigante, é a fragilidade de meu ego. É a pureza de minha agressividade. É o aconchego de uma noite de sonhos bons. Em seu peito eu deitei os meus maiores medos... e você não recuou. Em seu ombro eu verti as lágrimas mais doloridas... e você não me abandonou.

Você é o anjo que os céus me deram de presente. Você é o toque que fez minha pele arrepiar. A boca que quis me beijar. Você é a fonte de um desejo secreto. Só meu, só nosso. No ápice de um abraço. No frio!

Através da cidade que brilha no escuro, aquelas vias variáveis (como diria Thiago Thomazini) me atraem até você. Mas, não fique com medo, meu bebê, my baby, pois você é esse brilho que falta em minha pele opaca, em meus olhos cansados, em minh’alma.

Entenda, centauro, que você é a força e a fragilidade, o desejo e a pureza. Você é pleno e belo, como a obra de arte que ainda não emergiu do mármore.

Você, criança, é a mais absoluta e irreverente forma de criação. Criatividade e fúria. Eloquência e impulso. Você é a parte que faltava em mim.

Te amo, agora mais do que nunca. Te amo por sua nobreza, por sua delicadeza, por seu zelo. Te amo porque você é tudo aquilo que me faz bem.

Eu te amo, eu te amo, eu te amo, Tiago.

2 comentários:

TIAGO SORAGGI - O BLOG DO ESTRESSADO disse...

Gi. Sou um anjo caído pois meus sonhos eram minhas asas. Mas ainda bem que caí na tua alma e assim percebi que ainda voava. Obrigado por me dar sonhos novamente...

Roberto Dias disse...

O encontro de anjos é sempre inefável.