sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Sou Eu


Sou eu a tua letra, o teu traço, a tua sílaba. Sou eu a linha reta, a cadência, a tua rima. Sou eu que guio tua mão no papel em branco. Sou eu que te guio, pela mão, dentre o véu que inspira.

Sou o elo de ouro que une nossas vidas. Sou o centro da atenção, essa tua. Sou vértice, sou vórtice, sou voz. Sou eu quem exalta a exatidão da tua métrica poesia.

Sou simples e simplesmente complexa. E só o sou porque só tu me desvendas. Me arrancas máscaras, camuflagens, me despes roupas. Roubas de mim o néctar do teu criar. Sou tua musa.

Sou tudo em tua vida. Sou teu mundo, teu íntimo, tuas palavras. Sou quem te faz feliz, quem te faz mais vivo. Sou a ponte e o rio que te cruzam. Sou arquipélago, tua terra firme.

Sou eu o amor da tua vida. Sou o braço firme que te sustenta. Sou teu amparo. Sou aço, sou fogo. Sou eu a cicatriz que te marca. A ferida aberta em teu ser. Sou teu sangue, tua carne. Sou só tua.

Sou eu quem te espera, quem te segue, que te serve. Sou quem te ama. Basta que abras teus olhos para poderes me ver... Eu estarei aqui.

Nenhum comentário: