quinta-feira, 28 de março de 2013

Não Me Ame



Não me peça pra ficar. Não vou deixar. Você pensa agora que seu lugar é ao meu lado. Mas um dia vai acordar e já não será assim. Vá por mim. Não é o certo. Vejo a mim mesma em seus olhos e o que enxergo não é quem sei que sou. Sou tão menos do que você me faz, não sou digna de um querer tão doce. Creia, não valho a pena.

Não me peça pra ficar. Não quero ver você sofrer. E você vai sofrer, acredite. E eu sofreria pelo fato de não poder ser aquela que você quer, que você merece. Não estou à altura de sua ambição, de seu afeto. Sim, sou egoísta. Não fui responsável por seu encantamento, não o serei por seu desencanto.

Eu nada fiz, você sabe. O que você viu em mim, ia além de mim. Você me idealizou, me eternizou. Você se apaixonou pelo que achou que eu era. Mas confesso que gostei dessa atenção. Confesso que me aproveitei desse gostar crescente que aflorava em você. Só não esperei que você chegasse tão perto. Decerto que subestimei seu amor.

Agora, vendo você aqui, tão exposto, tão frágil, não posso deixar que seu sentimento se torne seu martírio. E, ouça o que eu digo, acontecerá. Porque não sou essa que você desenha, porque sou péssima. Sou a última das criaturas, sou má, sou fria. Sou de outro que também não me quer amar. É isso, simples assim. Não vou deixar você chorar por mim.

Nenhum comentário: