quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Por quê?



Eu tenho uma pergunta. Por que o mundo se torna mais colorido quando você está por perto? Por que tudo muda de forma? Porque cada partícula de pó fica tão bela?... Imagino? Não. Creio que não. Apenas observo a alteração dessa minha realidade cinzenta. Essa realidade que você colore feito aquarela.

Pergunto. Você responde. Por que estou sempre sorrindo ultimamente, mesmo quando teu sorriso se esconde? Basta que você erga esses olhos castanhos na minha direção e me pego risonha. Sou boba? Não, não creio. Sou reflexo do que você faz comigo. Essa vontade crescente de sorrir sempre. Felicidade?

E a incógnita persiste. Você me ajuda a desvendar? Por que me sinto tão segura na sua mão, no seu abraço? Por que me arrepio com a sua boca no meu pescoço? Por que esse seu cheiro doce não sai de mim? Será feitiço? Será outra coisa? Será que cada um de meus átomos já sabe chamar o seu nome? Será?...

Será, meu amor, que não sei mais ser eu mesma sem você? Será que não me sou mais sem ser sua? Ou você me prende nesse sonhar tão profundo que faço minha essa vida de outro, de outra?... Sei nada. Sei só que sou única em suas mãos, que me dou, que amo. Será que amo você? Responde! Será?...

Nenhum comentário: