quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Pedido de Natal



De natal eu tenho um pedido. Unzinho só, simples e básico.
Nem custa tanto. Só um pouquinho mais caro que um ai.
Coisinha simples, nem se nota, nem se abala. Balinha da boca de bebê!
De natal, quero um presente.
Tão doce quanto o sopro da brisa, quanto algodão doce.
Drops geladinho de menta e cereja.
De natal, só quero isso, nada mais peço, juro que não.
Quero de presente e nem precisa pacote. Nem precisa laço.
Não precisa árvore de luzinhas piscantes.
Não precisa cartão, ceia, festa.
Quero só isso... é meu pedido.
De natal, eu quero um beijo. Quero um beijo de verdade.
Um beijo molhado, quente e roubado. Um beijo e só.
Um beijo de esquina, de susto, de bandana.
Um beijo de deixar sem fôlego.
Aquele beijo que não se esquece mais.
Esse é meu pedido.
Um beijo igual aquele do natal passado...

Nenhum comentário: