sábado, 18 de abril de 2015

Goza!

Goza! Aproveita que o teu corpo é tudo o que eu quero agora. Aproveita que a minha pele sua, sôfrega pela tua. Aproveita que todos os meus sentidos te desejam além do que o desejo poderia declarar.

Goza desse fogo que te aquece cada poro. Deixa que esse frenesi te embote a astúcia e tu sejas apenas meu objeto de prazer. Sejas meu enquanto tu ainda podes. Antecipa o afago leve, o arfar crescente, o gemido escapado da garganta estreitada pelo fogo da vontade.

Deita o teu corpo sobre o meu e deixa o peso da luxúria embalar os nossos pecados em comum. Deleita-te com essas carícias que te dou porque sou soberba. Deixa a cobiça aplacar a ira e tornar tua volúpia em ondas de prazer aqui dentro de mim.

Deixa que a sublimação do meu orgasmo domine o teu orgasmo. E goza pleno de tato, sabor e ilusões dessa ótica que só nós dois podemos ver. Goza, porque o teu gozo é a minha extravagância mais plena. Minha batalha ganha e vencida. Porque sucumbo ao mesmo tempo que a vitória em mim delira.

Goza. Porque no teu gozo, meu prazer é sempre mais completo! Porque o desejo secreto de todo ser apaixonado é a glória inenarrável de fazer quem se ama gozar!

Nenhum comentário: